Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba A Grande Família


O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba A Grande Família é uma escola de samba da cidade de Manaus, no Estado do Amazonas.

A escola foi fundada em 19 de março e 1986, no bairro do São José, Zona Leste de Manaus. O bairro de São José Operário, que foi construído (pelo prefeito José Fernandes) entre 1978 e 1979 e carecia de um núcleo de sambistas.

A Grande Família, que antes era um Bloco (até 1991), entrou com mais destaque no Carnaval de Manaus em 1994. Dois anos antes já era escola de samba, quando foi convidada pela AGEESMA (Associação do Grupo Especial das Escolas de Samba de Manaus – fundada em 1991). Nesse desfile destacou-se com o enredo que versava sobre o Rio Amazonas.

Em 1995 oficialmente estreava na AGEESMA. Um detalhe curioso é que o seu fundador - Jorge Walter, ou Jorginho, entrou um tanto quanto por acaso no samba: certa vez o pneu do seu carro furou próximo a um antigo bar e bloco da Praça 14 de Janeiro, conhecido como reduto de sambistas, chamado Jaqueirão. Jorge foi ao borracheiro e logo depois ao Jaqueirão descansar. Depois de algumas conversas com o pessoal do Jaqueirão, Jorge acabou gostando de samba e levou a idéia para a Zona Leste e fundou o então bloco, que depois virou tal escola de samba de Manaus. De lá para cá se fez crescer entre as escolas de samba, abocanhando cada vez mais simpatizantes em um bairro onde tradicionalmente não havia muitos sambistas.

A quadra está localizada na Av. Grande Circular no bairro do São José (um dos mais populosos de Manaus – com cerca de 100 mil habitantes). A diretoria da escola faz questão de manter vínculos sociais com os moradores, participando de vários eventos durante o ano inteiro, inclusive com escola para crianças. O símbolo da Grande Família é um Galo tocando pandeiro. Suas cores são o vermelho e o branco.

Fundação

19 de Março de 1986

Cores

vermelho e branco

Bairro

São José Operário

Tecnologia do Blogger.