26.4.10

I Conferência Municipal de Saúde Mental


Na próxima terça-feira (27/04/2010), representantes do poder público local, sociedade civil e usuários do serviço de saúde mental do Amazonas participam, pela primeira vez, de evento voltado para o setor na cidade.

A “I Conferência Municipal de Saúde Mental – Intersetorial” será realizada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), até 29 de abril.

O evento, que tem a parceria do Conselho Municipal de Saúde (CMS), objetiva analisar a situação da assistência em saúde mental na capital, elaborar propostas para o setor em Manaus e eleger delegados representantes para a Etapa Estadual da Conferência. O encontro acontecerá no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), localizado na avenida Recife, nº 2549.

De acordo com o secretário municipal de Saúde e presidente do CMS, Francisco Deodato, a realização do evento baseia-se na necessidade de atualizar o debate sobre a Saúde Mental com os diversos setores da sociedade e no atual cenário da Reforma Psiquiátrica, que indica novos desafios para a melhoria nessa área, sendo fundamental o desenvolvimento de ações intersetoriais. “A participação da sociedade como um todo é condição para o êxito da Conferência, como dispositivo capaz de contribuir para o avanço das políticas públicas nesta área”, afirma Deodato.

A Conferência terá com tema “Saúde Mental: direito e compromisso de todos - consolidar avanços e enfrentar desafios”. Para o estudo sobre a situação da assistência em saúde mental na capital e elaboração das propostas, os conferencistas tomarão por base três eixos: “Saúde Mental e Políticas de Estado: pactuar caminhos intersetoriais”; “Consolidar a Rede de Atenção Psicossocial e fortalecer os movimentos sociais”; e “Direitos Humanos e Cidadania como desafio ético e Intersetorial”.

A expectativa é que cerca de 300 pessoas participem dessa primeira edição da Conferência, entre representantes de movimentos sociais, entidades de classe, acadêmicas e de pesquisa; organizações não governamentais; poder público estadual e municipal; associações comunitárias, além da sociedade civil em geral. “A nossa meta é reunir público seleto e, ao mesmo tempo, bem variado, com intuito de promover a integralidade das discussões”, disse a técnica responsável pela Coordenação Municipal de Saúde Mental, Elivandra Franco Mendes, destacando a “intersetorialidade” como diferencial do evento.

Do total de participantes, 150 deles serão eleitos, por voto direto, delegados para participar da etapa estadual da Conferência.

Avanços

O tratamento de pessoas com transtornos mentais vem ganhando destaque na política de reforma e ampliação da rede assistencial do município, desde o ano passado, início da atual administração. O primeiro grande passo em direção ao que preconiza a reforma psiquiátrica no Brasil foi a elaboração e aprovação do Plano Municipal de Saúde Mental, que prevê, entre outras coisas, o fim dos manicômios e o conseqüente tratamento dos doentes mentais, com foco na inclusão social. Atualmente, nas zonas Norte e Leste, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Família já estão com equipes fazendo acompanhamento desses pacientes.

Ainda em 2009, outra iniciativa importante foi a criação e entrega do primeiro Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do município, para atendimento diário de pacientes com esse perfil, que agora recebem acompanhamento especializado. Além disso, a unidade – que funciona na Cachoeirinha – tem como função contribuir para integração social dos usuários.

PROGRAMAÇÃO

Local: Auditório SEMED

Dia 27 de abril de 2010

16h às 17h – Entrega do material e Escolha dos Grupos Temáticos

17h às 18h – Aprovação do Regulamento Interno

18h às 18h30 – Mesa de Abertura

18h30 às 19h30 – Mesa Redonda Eixo 01: Saúde Mental e Políticas do

Município: Pactuar Caminhos Intersetoriais

19h30 às 20h30 – Apresentação Cultural e Coquetel

Dia 28 de abril de 2010

8h às 9h – Mesa Redonda Eixo 02: Consolidando a Rede de Atenção Psicossocial

e Fortalecendo os Movimentos Sociais

9h às 10h – Mesa Redonda Eixo 03: Direitos Humanos e Cidadania como Desafio

Ético e Intersetorial

Local: Auditório SEMED (grupo 1) e Ocas do Centro de Formação do Magistério

(demais grupos)

10h às 10h15 – Coffe break

10h15 às 12h – Atividade dos Grupos Temáticos e propostas

12h às 13h – Almoço

13h às 16h – Atividade dos Grupos Temáticos e propostas

16h às 16h15 – Coffe break

16h15 às 18h - Atividades dos grupos Temáticos e proposta

Dia 29 de abril

8h às 10h – Exposição e escolha das Propostas

10h às 10h15 – Coffee break

10h15 às 12h – Exposição e escolha das Propostas

12h às 13h30 – Almoço

13h30h às 16h – Exposição e escolha das Propostas

16h às 18h - Eleição dos Delegados

18h – Apresentação cultural e Coquetel de encerramento


Fonte: Portal Semsa

Share this