24.7.10

Guerra entre prostitutas obriga a intervenção policial na Gare

Do bomdia.lu
21 Julho 2010

A prostituição no Luxemburgo é cada vez mais um fenómeno de actualidade. Além dos conhecidos pontos de encontro (rue Mercier, rue du Commerce, rue du Fort Wedell, rue Wenceslas 1er e Rue d’Alsace) novos locais de concentração de prostitutas vão aparecendo.

Um dos mais frequentados passou a ser o entroncamento entre a rue de Strasbourg e a rue des États Unis (diante do talho Boucherie du Brill) onde um grupo de mulheres oriundas dos países de leste procura clientes. Jovens, loiras, sexys, estas recém-chegadas não passam despercebidas aos residentes locais nem aos automobilistas que por lá passam.

Foi nesse mesmo local onde grupos rivais se envolveram na noite de quarta para quinta-feira em desacatos que obrigaram à intervenção da policia grão-ducal. No meio de estalos, puxões de cabelo e empurrões, a polícia restabeleceu a ordem.

Segundo fontes que o Bomdia.lu contactou a guerra pela clientela e pelos locais é permanente. As prostitutas de origem africana concentram-se habitualmente na zona da estação, enquanto que as de Leste se passeiam na rue de Strasbourg. Terá sido por falta de respeito por esta partilha geográfica que os desacatos de ontem tiveram lugar.

Share this