Breaking

20.7.10

Profissionais do sexo expulsam palestrante durante conferência sobre Aids

Do R7

Manifestantes pediram que governo dos EUA mude regras da ajuda financeira

Manifestantes da organização NSWP (Rede Global de Projetos para Trabalhadores do Sexo, em inglês) fizeram um protesto nesta terça-feira (2) durante a Conferência Internacional sobre a Aids, que acontece em Viena, na Áustria. A manifestação obrigou Eric Goosby, coordenador americano da luta contra a Aids, a abandonar a sala de imprensa do evento, onde ele concedia uma entrevista coletiva.

O ato foi realizado em protesto a um programa do governo dos Estados Unidos, conhecido pela sigla Pepfar. Pelas regras do programa, para receber ajuda financeira os governos precisam deixar claro que têm uma política de combate à prostituição, o que organizações que defendem esses profissionais encaram como preconceito.

Com frases como "Pepfar mata profissionais do sexo" e "nos encare, Goosby" os manifestantes pediram o fim da regra e da discriminação contra garotos e garotas de programa.

Segurando guarda-chuvas vermelhos, símbolo do grupo, e liderados pela militante transexual indiana Laxmi Tripathi, percorreram a sala de imprensa antes de entrar na sala em que Goosby respondia às perguntas.

Eles querem acabar com a regra do Pepfar, garantir tratamento para pessoas portadoras do HIV e melhorar as oportunidades existentes para os profissionais do sexo.