Prostituta em SP é espancada por se recusar a colocar chuchu no ânus

Do Correio 24 Horas
25.08.2010

Mecânico de veículos golpeou a cabeça da mulher com um alicate

Uma garota de programa foi agredida por não atender um desejo de um cliente em Osasco, São Paulo. De acordo com o jornal Meia Hora, um mecânico de veículos, de 24 anos, queria ver a mulher, de 32, introduzir um chuchu no ânus dela. O homem disse que a 'brincadeira’ podia deixá-lo bastante excitado.

Como a garota de programa se recusou a realizar a fantasia sexual, o mecânico ficou nervoso, pegou um alicate no armário de casa - para onde havia levado a prostituta - e a golpeou várias vezes na cabeça. Depois, com a mulher desacordada e ensanguentada, entrou com ela no carro e a deixou largada em uma calçada, na madrugada desta quarta-feira (25), por volta das 2h20.

Um policial militar passou pelo local e percebeu que a mulher estava seminua, desmaiada e ferida. A garota de programa foi levada ao Hospital Municipal Antônio Giglio, onde recebeu os primeiro socorros. Ela sofreu sérios hematomas na cabeça e teve a mandíbula fraturada. A garota de programa, que não teve o nome revelado, continua internada em estado estável e sob observação médica.

O mecânico fugiu, mas foi rapidamente encontrado pela polícia dentro de casa. Para despistar os guardas, o rapaz se escondeu atrás de um armário. No local, os policiais acharam uma faca e um alicate sujos de sangue. O homem foi preso e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Osasco. Ele vai responder por tentativa de homicídio. O caso está sendo investigado pelo 1º Distrito Policial da cidade.
Tecnologia do Blogger.