Breaking

6.9.10

Deputado conservador britânico descobre que mulher é prostituta

Carla Weatherley foi 'apanhada' por um semanário britânico
 Do cmjornal.xl.pt

Mike Weatherley, deputado conservador britânico, descobriu que a mulher trabalha como prostituta nos subúrbios de Londres. A brasileira Carla Weatherley cobra até 85 euros "para sexo com preservativo e sexo oral sem protecção."
A polémica estoirou depois do Sunday Mirror revelar o outro lado da mulher do deputado e envergonhou o primeiro-ministro, David Cameron, também ele conservador.
O semanário revela que Carla, de 39 anos, trabalha em três bordéis e que quando conheceu Mike, há mais de dez anos, no Rio de Janeiro, já o fazia. Porém, ao que tudo indica, o deputado nunca soube.
A mulher mudou-se para o Reino Unido em 2003, quando casou com o conservador, de 53 anos. Para trás ficou o seu passado de prostituta no Brasil, dedicando-se apenas às actividades domésticas.
Em Fevereiro deste ano, com a separação do casal, Carla voltou a entrar na indústria do sexo.
O Sunday Mirror refere que a encontrou num dos bordéis e que, para além de prometer vários actos sexuais, ainda fez um striptease.
Questionada pelo jornal, a mulher disse que vai continuar a trabalhar "às segundas e quintas" e acrescentou: "Gosto disto. Bons clientes, excelentes pessoas e bom dinheiro".
O, ainda, marido referiu que foi "um choque" e que não "fazia ideia" que Carla se prostituía. "Mantivemos o contacto e almoçamos juntos todas as semanas", referiu.