Header Ads

Manual de Comunicação LGBT

O manual de comunicação LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) é voltado para profissionais, estudantes e professores da área de comunicação (Jornalistas, Radialistas, Publicitários, Relações Públicas, Bibliotecários, entre outras pessoas).

É um dos objetivos da atual diretoria da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT, e de ativistas ligados ao segmento LGBT no Brasil, reduzir o uso inadequado e preconceituoso de terminologias que afetam a cidadania e a dignidade de 20 milhões de LGBT no país, seus familiares, amigos, vizinhos e colegas de trabalho.

Ao longo do tempo, as lutas e as manifestações organizadas pelo Movimento LGBT em todos os estados brasileiros sensibilizaram comunicadores e agregaram aliados. Mas ainda existe um longo caminho a ser percorrido pelo Movimento e pela imprensa para garantir uma transmissão de informações com maior qualidade e comprometimento com as causas sociais.

Diariamente, os veículos de comunicação são bombardeados por centenas de informações: releases, sugestões de pauta, press kits, avisos, relatórios, boletins, sugestões e reclamações. Com isso, nem sempre as questões envolvendo a população LGBT ganham prioridade ou valorização adequada.

Ao mesmo tempo, pautar esta questão exige fontes confiáveis, espírito democrático e, principalmente, despojamento de preconceitos.

Debater novos conceitos com a comunidade LGBT, assim como com a mídia, é fundamental para a renovação de conceitos e formação constante dos autores da democracia brasileira.

A intenção da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais(ABGLT), por meio do Projeto Aliadas, ao investir neste trabalho, é criar uma ferramenta capaz de auxiliar a cobertura jornalística com relação às temáticas LGBT. Embora o foco seja jornalistas, a meta é que, como o próprio nome indica, o Manual de Comunicação LGBT seja útil para outros segmentos da área. E que, na medida em que o tema tornar-se constantemente discutido com qualidade, ampliem-se o respeito e as atitudes de compreensão em relação a esta expressiva fatia da população.

Esse material está diretamente relacionado às metas do Movimento LGBT de contribuir com a elaboração de ferramentas capazes de formar e informar a sociedade brasileira sobre seus direitos humanos. Além disso, pretende reforçar os papéis assumidos por cada cidadão para a construção de uma sociedade mais justa, humana, solidária e com pleno acesso aos direitos concedidos na Constituição Brasileira.

E que o investimento em formação seja, cada vez mais, nossa arma de combate às injustiças sociais.

Pedro Chequer
Coordenador do UNAIDS no Brasil
Toni Reis
Presidente da ABGLT
Léo Mendes
Secretário de Comunicação da ABGLT

Download Manual de Comunidação LGBT
Tecnologia do Blogger.