14.10.10

Autora da obra, Norma Maria de Sousa (Foto: Divulgação)

14/10/2010 - Um grupo de estudantes da Escola Estadual Ghuilherme Buzaglo, no município de Novo Aripuanã, a 225 quilômetros de Manaus, começaram a investigar o valor nutritivo de alimentos regionais, como a macaxeira, a banana pacovan e o jerimum, com o intuito de inclui-los no cardápio da merenda em todas as escolas do local.

O projeto, sob coordenação da professora Rosicléia de Sá Vinhoti, especialista em Historiografia do Amazonas, tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), via Programa Ciência na Escola (PCE)/ Seduc, com recurso no valor de aproximadamente R$ 4, 7 mil, previsto para o mês de outubro.

De acordo com a coordenadora da pesquisa, cinco bolsistas já receberam bolsas em parcelas de R$ 120 equivalentes a três meses, além do auxílio de R$ 461 para a coordenação e de R$ 360 para o apoio técnico, gerenciado pela professora Elaine Cardoso.

Com duração de seis meses, previsto para ser concluído em dezembro próximo, o projeto já conta com um levantamento bibliográfico sobre os nutrientes, além do contato feito com a Pastoral da Criança, para pesquisa de cardápios.

Próxima etapa da pesquisa

A próxima etapa, explica Vinhoti, será a visitação in loco na zona rural, onde, acompanhados de um técnico do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), os jovens cientistas, a coordenadora e a responsável pelo apoio técnico, conhecerão como funciona o processo de plantio, colheita e armazenamento dos alimentos.

"Depois dessa fase, compraremos os produtos, escolheremos uma cozinha para prepararmos as merendas e levaremos à escola. A ideia é que todos da rede de ensino adotem o cardápio regional como complemento nutricional dos alunos", enfatizou.

Alguns dos itens do cardápio são compostos por bolo de macaxeira, mingau de banana, de jerimum, pudim, entre outros. A equipe solicitou também a participação de um nutricionista. "Atualmente a merenda é feita com jabá, arroz, feijão, mingau de arroz e sopa. Nossa ideia não é retirar esses alimentos e sim incluir valores nutritivos dos produtos regionais à alimentação dos alunos", destacou a coordenadora da pesquisa.

Sobre o PCE

O programa consiste em apoiar com recursos financeiros e bolsas, sob formas de cotas institucionais, estudantes de ensino fundamental e médio integrados no desenvolvimento de projetos de pesquisas de escolas públicas.

Saiba mais

Valor Nutricional

Macaxeira - Excelente fonte de carboidratos, a macaxeira pertence ao grupo dos alimentos energéticos, fundamentais para fornecer energia ao organismo, garantindo o bom funcionamento do cérebro.

Jerimum - Conhecido em outros lugares como abóbora ou moranga, o jerimum é um legume de alto valor nutritivo, possui caroteno (como a cenoura), elemento que fortalece a visão, vitaminas do complexo 13 e sais minerais (cálcio, fósforo e ferro). Com poucas calorias, tem fácil digestão e ajuda crianças e adultos com problemas no aparelho digestivo.

Banana Pacovan - Fruta mais popular do Brasil, a banana tem alto valor nutritivo, muito rica em açúcar, potássio e sais minerais, principalmente cálcio, fósforo , ferro e vitaminas A, B, B1, B2, C e H. Como quase não tem gordura pode ser usada em dietas baixas em colesterol. A banana pacovan é a maior banana conhecida, chegando a pesar 500 g cada fruta e a ter comprimento de 30 cm. É achatada num dos lados, tem casca amarelo-escura, sendo mais rica em amido do que açúcar, o que a torna ideal para cozinhar, assar ou fritar.


Alessandra Leite - Agência Fapeam

Popular Posts

Recent Posts

Text Widget