Breaking

16.11.10

Brasileiro é morto em Portugal por urinar na rua

Extraido de: Veja Abril 16/11/2010

Luciano Silva, natural de Rondônia, ouviu ofensas como 'brasileiro de m...', antes de ser morto a golpes de canivete

Às três da manhã do último domingo, Luciano Correia da Silva, de 28 anos, natural de Rondônia, saiu de um bar na cidade de Caldas da Rainha, em Portugal, onde vivia, acompanhado pela mulher. No caminho para casa, parou para urinar na rua. Foi morto a golpes de canivete por um homem que passava e parou para lhe dizer: “Brasileiro de m..., vai para a tua terra", relatou ao jornal português Correio da Manhã Andressa Valéria, de 26 anos, em estado de choque.

Segundo Andressa, que tentou buscar ajuda em um café próximo mas chegou tarde demais, eles não conheciam o português. "Foi uma morte a troco de nada. O homem o tratou como se ele fosse um cachorro, como se furasse o coração de um animal. Meu marido não era nenhum bandido, tinha família e trabalhava desde pequeno", disse.

O brasileiro foi atingido no peito e o agressor fugiu. Uma ambulância transportou Silva para o hospital da cidade, onde ficou por duas horas, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia portuguesa não tem pistas sobre o assassino e abriu investigação sobre o caso.

O casal planejava voltar ao Brasil ainda este ano porque não conseguia emprego em Portugal. Silva era serralheiro e Andressa manicure. Segundo ela, os dois estavam no país legalmente, há quatro anos.