Header Ads

Investigadores provam cientificamente transmissão do HIV de dois homens a várias pessoas

Do Jornal de Notícias 15 Novembro 2010

Investigadores conseguiram provar cientificamente que dois homens, envolvidos em dois processos judiciais distintos nos Estados Unidos, transmitiram conscientemente o vírus da sida a vários parceiros sexuais, revela um estudo.

foto GUSTAVO BOM/Global Imagens

O primeiro dos processos opôs o estado de Washington a Anthony Eugene Whitfield, em 2004, e o segundo o estado do Texas a Philippe Padieu, em maio de 2009.

Os dois homens assumiram-se como culpados da propagação voluntária do VIH a múltiplos parceiros sexuais, em relações não protegidas.

A investigação, publicada nos anais da Academia Nacional das Ciências norte-americana, demonstra que é possível identificar cientificamente a fonte de um grupo de infeções, analisando a evolução de um só vírus, quer num portador quer em vários.

"Num seropositivo não há apenas uma única estirpe viral, mas uma população de estirpes virais, porque o VIH muda a todo o tempo, fabricando novas partículas virais", explicou Michael Metzker, um dos co-autores do estudo.

O investigador esclareceu que, "no momento da transmissão, há como que um gargalo genético que faz com que apenas um ou dois vírus sejam transmitidos", acrescentando que, em 75% dos casos, apenas um vírus está na origem da infecção pelo VIH.

Tecnologia do Blogger.