18.11.10

Segurança Pública de Mato Grosso programa atividades para a Parada



Na semana em que se comemora a luta pela garantia dos direitos requeridos pela população de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT), a Secretária de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio do Centro de Referência em Direitos Humanos de Combate a Homofobia (CRDHEH), prepara diversas atividades para a próxima sexta-feira (19.11), em Cuiabá, data oficial da 8ª Edição da Parada da Diversidade Sexual de Mato Grosso.

A ação durante a parada será coordenada pelo corpo técnico do Centro de Referência, que no dia vai distribuir mais de três mil kits com preservativos, material didático com orientações sobre a doença DST/AIDS, e material de prevenção à violência.

Outra atividade será uma pesquisa de campo realizada por 25 estudantes dos cursos de Direito e Serviço Social, que irão entrevistar participantes da parada gay para saber de que forma a população de Lésbicas,Gays,Bissexuais e Transexuais (LGBT) de Cuiabá tem acesso ao serviços públicos e como é tratada pelos órgãos e instituições.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referencia, Claúdia Cristina Carvalho, é de extrema importância a aplicação da pesquisa com o público LGBT. “A parada traz uma população diversa e de diferente faixa etária, e por isso queremos saber como essas pessoas estão buscando auxílio nos serviços públicos para garantir seus direitos”, disse.

O Centro de Referência em Direitos Humanos de Combate a Homofobia (CRDHEH) oferece atendimento nas áreas jurídica, psicológica e de assistência social à população gay e ao público em geral, em prol da cidadania, da igualdade e da eqüidade de direitos a todos os cidadãos vítimas de discriminação e preconceito, por orientação sexual.

De julho a outubro deste ano o Centro de Referência atendeu uma média de 80 casos de vítimas de homofobia. Entres os casos relatados pelas vítimas o que mais predomina é a agressão física e verbal.

A coordenadora do Centro afirmou que Mato Grosso é o primeiro estado brasileiro a possuir um programa de combate à homofobia dentro da estrutura de uma secretaria do Governo. “Portanto, é fundamental incentivarmos os cidadãos a denunciarem as violações de direitos humanos para combatermos a impunidade”, avalia.

Até o final deste ano o Centro de Referência em Direitos Humanos de Combate a Homofobia estará em nova sede, localizada na Rua Pedro Celestino, 291, bairro Centro, em Cuiabá.

O horário de atendimento é sempre de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Para mais informações, contato com o Centro de Referência por ser feito pelo telefone (65) 3613- 9936 ou pelo e-mail
centroreferencia@seguranca.mt.gov.br

Share this