Breaking

13.11.10

Suu Kyi é libertada e aparece na porta de sua casa

Extraido de: Foha Online 13/11/2010

A líder do movimento democrático birmanês, Aung San Suu Kyi, ganhou liberdade neste sábado e apareceu com um vestido lilás na porta de sua casa, onde 3.000 seguidores a aguardavam para celebrar sua libertação.

O comparecimento público de Suu Kyi, 65, ocorreu minutos depois de ter recebido a liberdade após cumprir uma pena de 18 meses de prisão domiciliar.

O número de seguidores passou de 20, no começo da manhã, para cerca de 3.000 perto do momento da libertação. Em alguns momentos eles gritam palavras de ordem para pedir a libertação de Suu Kyi e levantam cartazes com fotos da mulher símbolo da democracia birmanesa.

Soe Than Win/AFP
Aung San Suu Kyi recebe buquê de flores ao ser libertada de prisão domiciliar em Yangun, em Mianmar

Suu Kyi viveu confinada em sua antiga casa 16 dos últimos 21 anos por pedir, de forma pacífica, reformas democráticas ao regime militar que governa Mianmar.

O regime militar assinou, nesta sexta-feira, sua ordem de libertação, segundo fontes da LND, partido fundado por Suu Kyi em 1988 e que a Comissão Eleitoral dissolveu este ano.

A Nobel da Paz disse, através de seu porta-voz da LND, Nyan Win, que não aceitará nenhum tipo de liberdade condicional.

Sua libertação ocorrerá dias depois de o regime militar realizar as primeiras eleições parlamentares em duas décadas, sem a presença da oposição, na tentativa de uma "democracia disciplinada".

O país é governado por um regime militar desde 1962.