Agora o Brasil e América Latina têm o seu primeiro coral gay, na cidade do Rio de Janeiro!

A música é uma linguagem universal e, no início da luta pelos direitos homossexuais nos EUA, vários grupos de mulheres e homens fizeram o uso dela para divulgar suas causas. Hoje, nas maiores cidades (e mesmo em algumas pequenas) da América do Norte e em outros lugares no mundo, existem corais de lésbicas, gays e mistos.

Achamos que chegou a vez do
Rio de Janeiro!

A música tem o poder de unir as pessoas. E uma de suas melhores características é que não apresenta “ameaça” alguma. Assim, aqueles que não se identificam com nenhum aspecto, sobretudo o político, da Comunidade Gay, sentem-se confortáveis em assistir a um show de música — mesmo que a apresentação seja de artistas lésbicas ou gays. Por isso, formamos na cidade do Rio de Janeiro um coral de cantores gays — o CORAL de CAVALHEIROS CARIOCAS.


Propósitos gerais
O coral tem três propósitos básicos:

  1. Claro, o primeiro é artístico: criar uma música bonita e de alta qualidade.
  2. O segundo, social: oferecer para a comunidade gay da Cidade Maravilhosa mais uma opção para encontrar pessoas com interesses que vão além dos bares e saunas.
  3. O terceiro e último é político: presentear o Brasil e o mundo com mais um aspecto positivo e saudável da comunidade GLS, aqui, no Rio de Janeiro.
E acreditamos que podemos cumprir todos esses propósitos e nos divertir ao mesmo tempo!

Situação atual
Mal acabamos com a nossa temporada inicial (e ela foi realmente ótima!) [saiba mais…]. Mas, além de cantores, ainda procuramos um pianista. É importante enfatizar que, apesar de ser um coral masculino, nada impede que essa função sejam realizada por uma mulher. Estamos abertos para candidatos de ambos os sexos, desde que apresentem as aptidões necessárias.

Temos ensaios aos domingos às 15h00.

Neste momento, preparamos para julho de 2010 uma apresentação de músicas populares e admiradas, incluindo músicas da MPB, filmes, rock e até de programas infantis. [saiba mais…] Além disso, pretendemos fazer um show em dezembro para o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS [saiba mais…] destacando a música de Cazuza e Freddie Mercury e ter um estande na 15ª Parada Gay
de Rio de Janeiro
[saiba mais…].

Repertório
O grupo apresenta um repertório variado, que vai da música “clássica” até o pop e a MPB. Mas as músicas são sempre aquelas que refletem a vitalidade natural da música e do espírito brasileiro!

Inscrição e seleção
Todos os interessados podem inscrever-se no coral. [saiba mais…] Após a inscrição, serão realizadas as audições, para que o diretor musical faça a seleção e a classificação dos talentos vocais dos candidatos: barítonos, tenores e etc. Não somos um coral profissional (e nem pago!), mas obviamente, se algum cantor profissional quiser participar, será tudo de bom!! Nos corais norte-americanos, os cantores apresentam vários níveis de habilidades, desde aqueles com um talento “limitado” até cantores profissionais. É possível que, um dia, o coral possua um grupo “seleto”, menor, formado pelos melhores cantores, que poderão cantar músicas mais difíceis.

Financiamento e patrocínio
Claro, dinheiro é sempre uma questão. Normalmente lá fora, os participantes dos corais pagam uma “mensalidade” para fazer parte do grupo; esse dinheiro é usado em um monte de coisas, incluindo o aluguel de espaço para os ensaios, publicidade e pagamento dos cargos fixos. Mas sabemos que até uma mensalidade modesta pode excluir futuros (e talentosos!) integrantes. Portanto, agora que temos um núcleo, com um diretor musical e um pequeno grupo de pessoas interessadas, pensamos em formar uma ONG e buscar um patrocínio, quer seja de empresa privada ou/e governamental.

Por Fim
Talvez poucas pessoas defendam a necessidade de um grupo assim, por aqui, tão político, tão fora do padrão da comunidade gay. Só que, em 1968, às vésperas do levante de Stonewall, em Nova York, os norte-americanos também pensavam assim. Os fundadores do grupo não querem insinuar que todos os avanços no mundo gay são oriundos desses grupos e nem que os Estados Unidos criaram sozinhos todos os avanços; só queremos dizer que ter participado de atividades como os corais contribuíram muito para o desenvolvimento de pessoas, de homens gays íntegros e felizes.

Você pode nos ajudar a cumprir essa missão. Além de cantores, precisamos do suporte de voluntários, doadores e patrocinadores. Participe, e venha realizar esse sonho com a gente!

saiba mais…


o CORAL de CAVALHEIROS CARIOCAS
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Tel: +55 (21) 3264-0135
info@coraldecavalheiroscariocas.org

Tecnologia do Blogger.