Breaking

11.12.10

Centenário de Noel Rosa é comemorado neste sábado

Cantor e compositor carioca é o autor de alguns dos grandes clássicos da música brasileira
Do R7

Neste sábado (11), Noel Rosa completaria seu centenário.

Infelizmente, o lendário Poeta da Vila viveu apenas 26 anos. Ele morreu em 4 de maio de 1937, vítima de tuberculose e também de uma intensa vida boemia.

No entanto, ele soube aproveitar muito bem esse curto período, compondo alguns clássicos que até hoje são cultuados pelos fãs da música popular brasileira.

Clássicos como Com que Roupa?, Fita Amarela, Feitiço da Vila, Onde está a Honestidade? e Filosofia, entre inúmeros outros, são constantemente regravados por novas gerações de intérpretes.

A poesia inteligente e sofisticada de Noel influenciou inúmeros artistas, entre os quais Chico Buarque, Paulinho da Viola e Ivan Lins.

Este último, inclusive, gravou um álbum duplo com as composições do autor carioca.

Ligado à Vila Isabel, célebre bairro carioca com grande produção musical,o compositor compôs toda a sua obra entre 1929 e 1937.

Embora tenha gravado alguns discos como cantor, ainda no formato 78 rotações, Noel Rosa firmou-se mesmo como autor.

Entre os inúmeros livros lançados sobre ele, o mais recomendável é a assinada por João Máximo e Carlos Didier e intitulado Noel Rosa: Uma Biografia.

Esse livro foi a base para o roteiro do filme Noel -Poeta da Vila (2006), dirigido por Rafael Raposo.