12.12.10

ONU diz que 500 mil haitianos abandonaram acampamentos devido à chuva e ao cólera

Da Agência Brasil 12/12/2010

Brasília - A Organização Internacional para as Migrações (OIM), ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), informou que nos últimos cinco meses 500 mil desabrigados haitianos deixaram os acampamentos em que estavam alojados desde o terremoto ocorrido no dia 12 de janeiro.

De acordo com a organização, os desabrigados ocupavam barracas frágeis demais para suportar a intensidade das chuvas que atingiram o país, tornando impossível a permanência nos acampamentos montados principalmente em Porto Príncipe, capital do Haiti.

Outra razão que levou à desmontagem de alguns acampamentos são as más condições de higiene e sanidade nesses locais, que provocaram o surgimento de uma epidemia de cólera. A OIM registra que mais de 1 milhão de haitianos continuam instalados em acampamentos improvisados.

Edição: Juliana Andrade

Share this