Pernambuco adota plano contra ataques homofóbicos


Athos GLS - 14/12/2010

Medidas serão adotadas a partir de 2011

Campeão de assassinatos de homossexuais até dois anos atrás, o estado de Pernambuco agora conta com um plano de combate a esse tipo de violência que será colocado em prática a partir de 2011.

"Estamos construindo um trabalho para que as ações do Plano possam ser efetivamente consolidadas. Vamos montar um plano de trabalho e de parceria com as Secretarias estaduais para que essas ações aconteçam de fato" explica o Assessor Especial para a Diversidade Sexual Rildo Veras (foto).

Em 2008, foram registrados em Pernambuco, 27 assassinatos de homossexuais. Já em 2009, esse número caiu pela metade ficando em 14 mortes.

No Centro de Referência Contra a Homofobia um total de 75 pessoas de orientação sexual diferente e que foram vítimas de ataques homofóbicos receberam atendimento agora em 2010.

"A gente faz um trabalho de assistência psicológica, social e inclusive jurídica dessas pessoas que procuram o Centro. Além desse trabalho capacitados assistentes sociais que trabalham nos centros estaduais de assistência e ainda capacitações como a que foi feita com as policiais civil e militar" conta o Coordenador do Centro Rhemo Guedes.

No mês passado, no grande Recife, a polícia registrou
o ataque homofóbico a um cabeleireiro, em um bar quando ele bebia com amigos e parentes. Um desconhecido atacou a vítima a facadas fugindo em seguida. A polícia confirmou que o ataque foi motivado pelo fato do cabeleireiro ser homossexual.


Tecnologia do Blogger.