13.12.10

Policiais açoitam mulher e dão risada no Sudão

País adota a sharia, lei penal muçulmana, que permite o açoite como punição

Do R7

Um vídeo mostrando o açoite de uma jovem sudanesa provocou uma onda de protestos na internet. A mulher, não identificada, é punida por policiais, que riem e fazem piadas enquanto a chicoteiam.

A mulher chora e pede piedade aos policiais. Enquanto isso, o outro ri e diz que ela terá 53 chibatadas. A punição é acompanhada por várias pessoas. A reportagem foi publicada nesta segunda-feira (13) no jornal britânico The Guardian.

Não se sabe exatamente por que a mulher foi punida, nem onde exatamente ocorreu a punição. Mas a divulgação do vídeo na internet causou desconforto até entre integrantes do governo sudanês.

O vice-chefe da polícia sudanesa Adel Al-Agib, citado pelo jornal The Sudan Tribune, disse que “uma investigação foi ordenada logo após as imagens da jovem aparecerem na internet”. Inicialmente, as autoridades tentaram ignorar a agressão.

Segundo o policial, a mulher feriu os artigos 154 e 155 do código penal sudanês, que no norte do país é baseado na sharia, a lei religiosa muçulmana.

Esses artigos podem se aplicar a quem comete adultério ou veste “roupas indecentes”.

O vídeo, postado por ativistas de direitos humanos, com legendas em inglês, contém cenas fortes.

Jornalista foi condenada por vestir calças

No último ano, uma jornalista sudanesa foi condenada a 10 chicotadas por vestir calça durante um encontro com outras mulheres numa festa particular em Cartum, a capital sudanesa.

O caso chamou atenção mundial pela dura aplicação da lei religiosa. A sharia é adotada em outros países muçulmanos como a Arábia Saudita e o Irã, onde ganhou destaque o caso de Sakineh Asthiani, condenada à morte por apedrejamento após acusação de adultério.

Share this