Dia Mundial do Câncer: Casos da doença aumentam entre portadores do HIV, indicam pesquisas

04/02/2011

Nesta sexta-feira, 04 de fevereiro, celebra-se o Dia Mundial do Câncer. Para marcar a data, o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer (INCA) divulgam, às 14h30, o impacto do câncer e demais doenças crônicas não-transmissíveis no orçamento do Sistema Único da Saúde (SUS).

O evento contará com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, pela primeira vez no INCA.

Câncer e aids

Alguns tipos de câncer são cada vez mais frequentes entre portadores do HIV, apontam estudos internacionais. Segundo pesquisas realizadas em hospitais da França, até 30% das mortes entre portadores do HIV são relacionadas ao câncer.

A relação da aids com o câncer é citado no último consenso de tratamento antirretroviral do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde. O documento traz uma seção especial sobre o tratamento dos cânceres entre portadores do vírus e também alerta sobre tumores malignos que se tornam mais frequentes nessa população. "É mais uma expressão da reconfiguração da doença, antes marcada pelas infecções oportunistas", disse o infectologista Ronaldo Hallal, coordenador do consenso, em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo.

Os cânceres associados ao HIV são de dois tipos: aqueles diretamente relacionados à aids, que ajudam a determinar que uma pessoa já desenvolveu a doença, e os tumores que nunca estiveram elencados como "definidores" da aids.

Do primeiro grupo faz parte, por exemplo, o câncer chamado sarcoma de Kaposi, que no início da epidemia, na década de 1980, era muito comum, mas que apresentou decréscimo após o advento do coquetel de remédios antiaids - apesar de ainda ser mais frequente em portadores do HIV.

É o segundo grupo, no entanto, que preocupa mais. Cânceres que não costumavam andar de mãos dadas com o HIV e que se tornaram mais frequentes entre pessoas com o vírus, como o de pulmão, o melanoma (pele), o de testículos e o câncer colo-retal.

Relação direta?

Ainda não está claro se o HIV teria uma relação direta com o câncer. A principal teoria considerada pelos cientistas é que o ataque realizado pelo vírus da aids sobre o sistema imunológico facilitaria a proliferação de células cancerosas.

Redação da Agência de Notícias da Aids
Tecnologia do Blogger.