Header Ads

ALTERA dispositivos da Lei n° 01/92 e dá outras providências.

PROMULGAÇÃO

FAÇO saber que a Câmara Municipal de Manaus aprovou, e eu PROMULGO, conforme inteligência do caput do Art. 48 combinado com o Inciso IV do Art. 51 da Constituição Federal, aplicando à espécie o princípio de simetria com o centro:

LEI N° 115, DE 07 /04 /2004

ALTERA dispositivos da Lei n° 01/92 e dá outras providências.

Art. 1° - O art. 7° da Lei n° 01/92 passa a ter a seguinte redação:

“Art. 7° - O Subprocurador Geral da Câmara Municipal será nomeado, em comissão, pelo Presidente do Poder, por indicação do Procurador Geral, dentre os servidores efetivos regularmente inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Amazonas.”

Art. 2° - O art. 13 da Lei n° 01/92 passa a ter a seguinte redação:

“Art. 13 - As Procuradorias Especializadas são dirigidas pelos Procuradores Chefes, nomeados por ato do Presidente, na forma do § 2° do art. 48 da Lei Orgânica do Município.”

Art. 3° - O art. 25 da Lei n° 01/92 passa a ter a seguinte redação:

“Art. 25 - A Procuradoria Geral da Câmara Municipal é composta por 20 (vinte) cargos de Procuradores, sendo 15 (quinze) de provimento efetivo e 5 (cinco) de provimento em comissão, na forma dos arts. 4°, 7° e 13 desta Lei.

Parágrafo Único - Os cargos de provimento efetivo são estruturados em carreira composta por 3 (três) classes, sendo:

I - 3ª classe – provimento inicial com 5 (cinco) vagas;

II - 2ª classe – intermediária com 5 (cinco) vagas;

III - 1ª classe – final com 5 (cinco) vagas.”

Art. 4° - Acrescenta Parágrafo Único ao art. 27 da Lei n° 01/92.

“Parágrafo Único - A promoção de classe se dará mediante a efetiva existência de vaga e obedecidos os critérios de antiguidade e merecimento, alternadamente.”

Art. 5° - O art. 28 da Lei n° 01/92 passa a ter a seguinte redação:

“Art. 28 - O Procurador da Câmara Municipal, a contar da data em que entrar em exercício, se submeterá a estágio probatório, pelo período de 3 (três) anos, durante o qual sua capacidade e aptidão serão avaliados, para posterior confirmação ou não do mesmo pelo Procurador Geral da Câmara.”

Art. 6° - O art. 34 da Lei n° 01/92 passa a ter a seguinte redação:

“Art. 34 - Os atuais titulares do cargo de Procurador passam a integrar a 1ª classe, devendo as 10 (dez) vagas restantes, excepcionalmente, integrarem a 3ª classe, até o cumprimento do interstício previsto no art. 28 desta Lei, quando, então, se dará a promoção para a 2ª classe, obedecidos os critérios insertos no Parágrafo Único do art. 27 desta Lei.”

Art. 7° - O vencimento do cargo de Procurador será de:

I - 3ª classe – R$ 3.990,00 (Três mil, novecentos e noventa reais);

II - 2ª classe – R$ 4.845,00 (Quatro mil, oitocentos e quarenta e cinco reais);

III - 1ª classe – R$ 5.700,00 (Cinco mil e setecentos reais).

Art. 8° - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Manaus, 07 de abril de 2004.

Publicado no Diário Oficial nº 975 de 07 de abril de 2004

Tecnologia do Blogger.