14.11.11

Cleber defende uso de nome social por travestis

Procurado pela comunidade GLBTS de Uberaba, o vereador líder governista, Cleber Cabeludo (PMDB), prepara um projeto de lei para que travestis e transexuais possam usar o nome social no âmbito da administração pública direta e indireta do município. O peemedebista segue na esteira do que já prevê o Decreto Estadual nº 8496. Este documento vai possibilitar a essas pessoas que elas sejam chamadas e identificadas pelo nome que se reconhecem e são reconhecidas na sociedade, como acontece, por exemplo, com quem tem um apelido.

O decreto, porém, tem abrangência nas esferas do poder Executivo mineiro, ao que Cleber comenta que foi procurado para elaborar o projeto no âmbito municipal porque, “sempre na medida do possível, eu os ajudo. Estou estudando o texto para apresentá-lo ainda este ano na Câmara”, diz. Ele acrescenta que o importante é não haver discriminação e, nesse sentido, entende que o texto deve passar pela aprovação dos colegas. O vereador terá que correr contra o tempo, já que as plenárias em novembro serão realizadas no período compreendido entre os dias 21 e 24, e em dezembro, as sessões vão até o dia 10. É importante destacar que a matéria tem que tramitar, passar pelas comissões para então ser levada a votação.

“Essa é uma Casa de Leis para todos”, aponta o peemedebista, para quem a discriminação acontece em diversas esferas, sendo preciso avançar e repudiar toda forma de preconceito. Ele ainda acrescenta que é preciso respeitar e ajudar quem quer e precisa. (RG)

Fonte: Jornal da Manhã Online

Share this

0 Comment to "Cleber defende uso de nome social por travestis"

Postar um comentário