14.11.11

ENONG 2011: Chapa formada por Carlos Duarte, Josiel Pontes e Rodrigo Pinheiro é eleita para representar o Movimento de Aids no Conselho Nacional de Saúde

Com 101 votos, dos 184 delegados presentes, o ativista Carlos Duarte, do Grupo de Apoio à Prevenção à Aids (GAPA) do Rio Grande do Sul, foi eleito o futuro representante do Movimento Nacional de Luta contra a Aids no Conselho Nacional de Saúde.

Simone Leite (Fórum ONGs/AIDS de Sergipe) e Kiko Rodrigues (Rede GAPAs Brasil) foram escolhidos para representar o Grupo de Trabalho no Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV e Aids (GT-UNAIDS); Gladys Almeida (Rede GAPA Brasil) para o Comitê de Países de Língua Portuguesa; e Alex Amaral para o Mecanismo de Coordenação País.

O comitê comunitário de vacinas teve aprovado os nomes de Márcio Villard, Jorge Beloqui, Osmar Fonseca e Sandra Perin; e para o Fórum Mercosul, Amaury Ferreira Lopes e Edna Flores de Araújo.

Delegados abandonam a plenária aos gritos de “golpe”

A última votação do dia foi para a representação do Conselho Nacional de Saúde. Para a plenária foram apresentadas as candidaturas de Léo Mendes, de Goiânia, e uma chapa composta por Carlos Duarte, de Porto Alegre, tendo como primeiro Suplente Jasiel Pontes, de Maceió, e segundo Suplente Rodrigo Pinheiro, de São Paulo.

A apresentação dos nomes foi questionada imediatamente por Clóvis Arantes, do grupo LivreMente, do Mato Grosso, e por alguns delegados que opinaram pela apresentação através de candidaturas individuais e não em forma de chapas.

Léo Mendes questionou a estratégia de montagem de chapas e a chamou de “golpe”. Ela considerou sua candidatura legitima e dentro das regras estabelecidas pelo encontro e apoiada por um grande número de delegados.

A discussão ficou acalorada entre os grupos contra e a favor da plenária e a mesa coordenadora encaminhou para a plenária a decisão de aceitar as candidaturas desta forma ou não. Passada a votação, 105 delegados decidiram por aceitar candidaturas desta forma e 66 discordaram.

O resultado gerou insatisfação de uma parte dos delegados, principalmente das regiões Norte e Nordeste, que abandonaram a plenária aos gritos de “golpe, golpe”, causando tumulto no auditório do Hotel Hilton onde está acontecendo o evento.

A votação posterior homologou a chapa como representante do Movimento Nacional de Luta contra a Aids no Conselho Nacional de Saúde, com 101 votos, seis votos dados a candidatura de Léo Mendes e cinco abstenções.

Representando a chapa eleita, Carlos Duarte afirmou que a união das três candidaturas visava principalmente a possibilidade de uma visão mais ampla da realidade regional da Aids e da saúde pública, e a necessidade de ampliação dos espaços de atuação, principalmente com mais ativistas participando destas discussões. Ele também defendeu a humanização do Sistema Único da Saúde (SUS) com o respeito à diversidade e ao fortalecimento das representações no CNS, que, na avaliação dele, se encontram enfraquecidas pelas disputas internas, o que permitiu à eleição do ministro da saúde, Alexandre Padilha, para a presidência do Conselho. "A eleição do ministro foi um retrocesso. É antiético ele coordenar a instância que o fiscaliza", criticou. O ativista assumirá a cadeira no CNS somente em janeiro de 2013, mas de imediato ficará na primeira suplência do atual titular, José Marcos de Oliveira.

Próximo ENONG em Salvador

A cidade de Salvador foi por unanimidade a escolhida para sediar o XVII ENONG em 2013, tendo como organizadores o GAPA/Bahia e o Fórum Bahiano de ONG/Aids.

A capital baiana sediou um ENONG em 1995 e foi a última capital do nordeste a receber um encontro deste tipo. Antes disto Fortaleza (1992) e Recife ( 2001), também no nordeste, receberam o principal encontro nacional das ONG/Aids.

Mais representações definidas

Comissão de Articulação dos Movimentos Sociais (CAMS)
Região Norte: Ana Cristina Carvalho de Oliveira e Maria Amujaci Brilhante
Região Nordeste: Tathiane Araújo, Cássio Lima, Jurandir e Andrezza Beluschi
Região Centro Oeste: Clóvis Arantes e Odilio Torres
Região Sudentes: Fórum de Minas Gerais e Espírito Santo (2011) e Fórum de São Paulo e Rio de Janeiro (2012)
Região Sul: Sirlene Cândido

Comissão Nacional de Aids
Região Norte: Antonio Ernandes Marques da Costa e Evalcilene Costa dos Santos
Região Nordeste: Jair Brandão e Fábio Ribeiro
Região Centor-Oeste: Sérgio e Elifrank
Região Sudentes: Fórum de Minas Gerais e Rio de Janeiro (2012) e Fórum de São Paulo e Espírito Santo (2013)
Região Sul: Wilson Urbano e Maiquel Fouche

Fonte: Liandro Lindner, de Belém

O jornalista Liandro Lindner participa do XVI ENONG a convite da organização do evento.


Fonte: rnpvha

Share this

0 Comment to "ENONG 2011: Chapa formada por Carlos Duarte, Josiel Pontes e Rodrigo Pinheiro é eleita para representar o Movimento de Aids no Conselho Nacional de Saúde"

Postar um comentário