25.1.12

Los Angeles obriga actores pornográficos a usarem preservativos

Los Angeles, a meca do cinema pornográfico norte-americano, vai passar a obrigar os seus actores a usarem preservativos. A lei foi aprovada esta semana pelo presidente da câmara da cidade. A medida agrada às organizações de apoio a doentes com HIV mas desagrada aos produtores de filmes para adultos.

não se sabe exactamente quem é que ficará responsável pela fiscalização
não se sabe exactamente quem é que ficará responsável pela fiscalização (Foto: Reuters)
San Fernando Valley, no coração de LA, é considerado o epicentro da indústria norte-americana de filmes para adultos. Mas se, até agora, bastava que os actores destes filmes fizessem testes de HIV (o vírus da sida) a cada 30 dias, dentro de poucas semanas será obrigatório o uso de preservativos nas filmagens.

A nova lei - que foi aprovada esta segunda-feira pelo presidente da câmara da cidade, Antonio Villaraigosa - já foi aplaudida pelas organizações de apoio a doentes com HIV.

Michael Weinstein, presidente da AIDS Healthcare Foundation, que fez lobby por esta decisão durante seis anos disse - citado pelo “LA Times” - que a cidade de Los Angeles “fez a coisa acertada pelos actores”.

Weinstein disse ainda que esta lei é crucial na protecção dos actores do vírus da sida mas também de outras doenças sexualmente transmissíveis e acrescentou que a próxima etapa será estender esta lei a outros locais dos EUA onde se produz filmes pornográficos.

Enquanto isso não acontece, alguns dos grandes produtores de filmes para adultos já fizeram saber que, após a aprovação desta lei, ponderam mudar-se para fora dos limites da cidade de LA. A indústria argumenta que os filmes com preservativos não são tão populares e que muitos actores se recusam a usar este tipo de protecção.

Christian Mann, membro da principal associação de profissionais do sector da indústria pornográfica, a Free Speech Coalition, indicou igualmente ao “LA Times” que esta não será a melhor maneira de prevenir que os actores contraiam o vírus da sida, não chegando, porém, a avançar nenhuma proposta alternativa.

Ainda não se sabe exactamente quem é que ficará responsável pela fiscalização da nova lei mas Michael Weinstein diz que poderão ser, por exemplo, enfermeiras ou outros trabalhadores do sector da saúde.

Prevê-se que seja a indústria pornográfica a custear estas fiscalizações através de uma soma cujo valor ainda não foi fixado.

Esta medida entra em vigor depois de, em 2011, terem sido temporariamente suspendas diversas produções de filmes pornográficos após um actor ter contraído o HIV, semeando o pânico na indústria de filmes para adultos. O caso foi registado fora de Los Angeles mas a organização Free Speech Coalition decidiu imediatamente suspender todas as filmagens a fim de minimizar os riscos.

Fonte: Publico.pt

Share this

0 Comment to "Los Angeles obriga actores pornográficos a usarem preservativos"

Postar um comentário