26.2.12

Adolescentes e jovens vivendo com HIV e aids se articulam para realizar encontros regionais



Com o objetivo de oferecer espaços de troca de experiência, além de incentivar e fortalecer o ativismo juvenil, a Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV e Aids vai realizar, este ano, encontros de vivência e acolhimento em todas as regiões do País. Para isso, o coordenador da Rede, José Rayan, inicia esta semana uma série de reuniões nos estados que vão sediar os eventos. A proposta da agenda, que vai acontecer entre os dias 28 de fevereiro e 09 de março, é debater as estratégias para a realização dos encontros regionais com as lideranças locais, dirigentes de ONGs, e coordenadores municipais e estaduais de DST/Aids.

A primeira reunião acontecerá na próxima terça-feira (28), em Belém (PA). Na capital paraense, a ONG OMT (Organização Trajetória Mundial) deve ficar responsável pela logística do encontro de adolescentes e jovens da região Norte. Assim como nas demais regiões, a formação da comissão política dos eventos ficará sob a responsabilidade dos representantes regionais da RNAJVHA.

Após a agenda em Belém, será a vez da região Nordeste discutir a metodologia do encontro de adolescentes e jovens vivendo com HIV e Aids. Nos dias 01 e 02 de março, acontecerão reuniões no SAE Adolescente de São Luís (MA) e na sede da ONG Solevida, também na capital maranhense. A agenda seguinte acontecerá em Vitória (ES), no Fórum de ONG/AIDS do Espirito Santo na região Sudeste, no dia 04. A última região a ser visitada será o Centro Oeste. As reuniões acontecerão em Goiânia (GO), nos dias 06 e 07 na ONG AAVE (Aids, Apoio, Vida, Esperança).

Depois das visitas aos quatro estados, a coordenação da Rede de Adolescente e Jovens vai apresentar, nos dias 08 e 09, em Brasília (DF) os encaminhamentos das reuniões realizadas aos Departamentos de Apoio à Gestão Estratégica e Participativa e de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, que estão financiando as viagens. “Este momento será decisivo no processo de construção dos encontros regionais. Fortalecer o trabalho de base é chegar mais perto dos adolescentes e jovens que ainda estão no anonimato e não conseguem ser protagonistas das suas próprias histórias”, comemora José Rayan.

Para o diretor adjunto do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, Eduardo Barbosa, o apoio aos encontros regionais é uma afirmação da política do SUS, que prevê a participação do cidadão na formulação e monitoramento de suas diretrizes. “A RNAJVHA ocupa espaços políticos e se manifesta em diferentes situações com críticas positivas que apontam falhas e avanços nas respostas, principalmente as governamentais. Os encontros vão possibilitar a inclusão de um número maior de jovens e adolescentes envolvendo-os neste planejamento”, avaliou.

A região Sul ficou de fora da agenda porque ainda está em busca de apoio das instituições parceiras para a realização do encontro regional. Após a denifinição do calendário e da logística do evento, a região passará pelo mesmo processo de discussão que as demais estão passando.

AGENDA

BELÉM - PA
28 DE FEVEREIRO
Reunião OTM – Organização Trajetória Mundial
Reunião Programas de Aids Estadual e Municipal de Belém
Reunião com a RNAJVHA de Belém

SÃO LUIS – MA
01 e 02 DE MARÇO
Reunião SOLIVIDA – Solidariedade e Vida
Reunião Programas de Aids Estadual e Municipal de São Luis
Reunião com a RNAJVHA do Maranhão

VITÓRIA-ES
04 DE MARÇO
Reunião FÓRUM ONG/AIDS ESPÍRITO SANTO
Reunião Programas de Aids Estadual e Municipal de Vitória
Reunião com a RNAJVHA do Espírito Santo

GOIANIA-GO
06 E 07 MARÇO
Reunião Grupo AAVE
Reunião com os Programas de Aids Estadual e Municipal de Goiânia
Reunião com a RNAJVHA Goiás

BRASILIA-DF
08 E 09 MARÇO
Reunião com DAGEP
Reunião com o setor de Comunicação do Departamento de HIV, Aids e Hepatites Virais
Reunião com jovens da RNAJVHA de Brasília



Share this

0 Comment to "Adolescentes e jovens vivendo com HIV e aids se articulam para realizar encontros regionais"

Postar um comentário