29.1.15

29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans

Jackeline Maldonado, primeira travesti
a receber a Cédula de Nome Social
no Amazonas.
Imagem G1 Amazonas
Hoje em todo o Brasil, ONGs ligadas ao Movimento LGBT realizarão ações de Cidadania e Saúde pela passagem do Dia Nacional da Visibilidade Trans.

Em Manaus, a luta pela garantia dos Direitos Humanos e saúde de qualidade para a população Trans, tem sido uma constante.

A Associação Garotos da Noite – AGN, em seus 8 (oito) anos de existência, tem trabalhado pela garantia de Cidadania a essa população.

Através da luta da AGN, Travestis e Transexuais já podem usar o Nome Social no sistema de educação, saúde e assistência social do Estado do Amazonas . Outros órgãos de governo como SEMASDH, SSP/AM e SEJUS, também atendem Travestis e Transexuais pelo Nome Social.

A Cédula de Nome Social, outra conquista importante, pode ser solicitada diretamente na Ouvidoria de Segurança Pública do Amazonas.

A luta é diária e contínua, para garantia de cidadania para travestis e transexuais no Amazonas.

O Núcleo Trans da AGN, em sua luta constante pela saúde de Travestis e Transexuais, estará realizando uma ação de prevenção às DST/HIV e AIDS, hoje (29/01), a partir da 22h00min horas, em vários pontos da Cidade de Manaus.

Estarão presentes, o Núcleo de Prevenção as DST/AIDS/HV da SEMSA, Aliança Amazonense LGBT, Ouvidoria da SSP/AM e outros parceiros.

Share this

0 Comment to "29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans"

Postar um comentário